TCS Notícias 068/2013: Anatel inicia sistema online para injetar competição em telecom

TCS Notícias 067/2013: Pequenos provedores terão fatia específica da faixa de 2,5 GHz
22 de setembro de 2013
TCS Notícias 069/2013: TCS monta projeto de conectividade para Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) em Vitória ES.
25 de setembro de 2013
Exibir tudo

TCS Notícias 068/2013: Anatel inicia sistema online para injetar competição em telecom

 
A Anatel apresenta nesta terça-feira, 17/9, o sistema de negociações entre operadoras para aluguel de redes no atacado. Essencial à cartada da agência para injetar concorrência em um mercado ditado pelas donas da infraestrutura, é a operação prática do batizado Plano Geral de Metas de Competição.
Basicamente, trata-se de um sistema online – um site na Internet onde as donas das redes apresentam o que têm para vender e as empresas interessadas compram o que precisam.  “A plataforma cria um sistema único, transparente, isonômico, onde [qualquer empresa] tem acesso a todos os produtos de atacado na região onde desejar”, explica o superintendente de Competição da Anatel, Carlos Baigorri, que concedeu entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, para explicar o novo modelo.
Na prática, os grupos Oi, Telefônica, América Móvil, CTBC e Copel/Sercomtel, além da TIM em alguns mercados, colocam à venda sua relação de preços e disponibilidade em 11 produtos. São eles EILD, full unbundling, bitstream, interconexão móvel, interconexão classe V, interligação, backhaul, roaming, dutos, valas e torres. Ou seja, pedaços das redes de telecom a quem quiser alugar para oferecer serviços no varejo.
Com o sistema, a agência endereça problemas comuns nesses mercados, em especial a assimetria de informações em um campo onde, em geral, há um único fornecedor em cada região buscada.
Uma das práticas mais comuns é a oferta ‘especial’ de infraestrutura, como EILD, para fugir dos preços “regulados” da oferta ‘padrão’. Outra é demorar a entregar para impedir a operação de um potencial concorrente.
“Uma única empresa que vende a muitos compradores cria espaço de arbitragem para abusar seu poder de mercado.”, diz Baigorri. Com o sistema, “os prazos são totalmente controlados. O controle da fila é da própria agência”, completa.
Assista a entrevista com o superintendente de Competição da Anatel, CArlos Baigorri.
Fonte: http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=34877&sid=8#.Uj5QrYZ_68U
Dep. MKT TCS ( mkt@bcatelecom.com.br ) 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *